Bright Photomedicine é a grande vencedora do SF12USP!

Após cinco semanas de trabalho duro e muito aprendizado, a edição “Disrupt: transformando ciência em negócios tecnológicos" do programa de aceleração da Startup Farm na Universidade de São Paulo chegou ao fim.

O Demo Day, evento de encerramento do programa, contou com a participação das nove equipes finalistas, que apresentaram suas startups para um plateia de investidores e especialistas da área de tecnologia e empreendedorismo.

IME oferece disciplinas optativas dedicadas ao ensino de software livre

Mesmo sem nos darmos conta, interagimos diariamente com softwares livres. Você tem um computador? Talvez já tenha utilizado o VLC ou o Popcorn Time – ambos livres – para ver filmes. Tem um smartphone? A base do sistema operacional Android é livre. Tem conta no Google, Facebook ou Twitter? Todos eles utilizam softwares livres em seus servidores. E a lista vai longe...

Programa de aceleração de startups no IME-USP quer converter ciência em negócios inovadores

Viabilizado por uma parceria entre a aceleradora Startup Farm e o Centro de Competência em Software Livre do IME-USP, teve início dia 1o de maio a edição "Disrupt: transformando ciência em negócios tecnológicos" da Startup Farm na Universidade de São Paulo. O programa, que terá duração de cinco semanas, conta com 15 equipes de empreendedores de todos os cantos do país selecionadas dentre quase cem inscritas.

Pesquisa busca criar mecanismos para detectar antecipadamente ameaças de segurança em redes de computadores

Os Sistemas de Alerta Antecipado (em inglês, Early Warning Systems) são muito utilizados para mitigar as consequências de desastres naturais. Um tsunami, por exemplo, se detectado com antecedência, pode ter um impacto consideravelmente menor no número de mortes e nas perdas materiais da região atingida.

Entretanto, tais sistemas também podem ser extremamente úteis em outras áreas. O foco da pesquisa de Rodrigo Campiolo, doutorando do Departamento de Ciência da Computação do IME-USP, é o emprego de Sistemas de Alerta Antecipado em redes de computadores.

Inscrições abertas para a palestra de Martin Fowler sobre design de software

com informações da ThoughtWorks

Na última década temos visto uma série de novas ideias surgindo para aprimorar o design de software. Padrões nos ajudam a capturar as soluções e fundamentos de como usá-los. A refatoração permite alterar o design de um sistema após o código ser escrito.

Os métodos ágeis, em especial a Programação eXtrema, nos permitem uma abordagem altamente iterativa e evolutiva que é particularmente adequada aos requisitos e ambientes em constante mudança.

Happy hour do IMEmpreende acontece nesta quarta-feira

O quinto encontro do IMEmpreende – um grupo de alunos, ex-alunos, docentes e ex-docentes do Instituto de Matemática e Estatística da USP interessados em empreendedorismo – será um happy hour no Kaya Kafé.

Para animar as discussões, a sugestão é que cada um traga um problema, uma solução, uma ideia que precise de feedback, um caso interessante ou alguma outra informação que valha a pena ser compartilhada. Apesar do caráter informal do encontro, espera-se que ele também seja informativo.

Abril é mês de Install Fest no CCSL!

Você já se cansou da definição tradicional de software ("hardware é a parte que você chuta, software é a parte que você xinga") e prefere pensar que "software é a parte com que você faz o que quiser"? Acha que liberdade, cidadania e política têm tudo a ver com tecnologia? Já ouviu falar em GNU/Linux ou em software livre e está curioso mas não sabe por onde começar?

Professor Eduardo Ariente defende tese de doutorado sobre a função social da propriedade intelectual

O professor da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie e do DCC-IME/USP Eduardo Ariente defenderá sua tese de doutorado intitulada A Função Social da Propriedade Intelectual nesta segunda-feira, dia 30 de março.

Sob orientação do Prof. Dr. Dennis de Oliveira, a tese tem por objetivo estudar as implicações dos princípios constitucionais da função social da propriedade e da dignidade humana à propriedade intelectual. O estudo procurou, a partir da realidade brasileira, verificar as implicações sociais dos monopólios decorrentes da PI.