Casos de sucesso

Descrições de casos reais de aplicação de métodos ágeis e XP nos quais o projeto foi considerado um sucesso.


Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo
Assessoria e capacitação em desenvolvimento de software

Ao longo de 2005, um grupo de professores e alunos do IME/USP, dentre eles os Professores Alfredo Goldman e Fabio Kon, e o Dairton Bassi, prestaram uma assessoria à Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP). Foi iniciado o desenvolvimento de um projeto para o Departamento de Recursos Humanos. Por ser um projeto muito complexo, com várias especificidades, a equipe interna havia passado 18 meses fazendo uma detalhada análise de requisitos. Ao sermos chamados, ao invés de "aprendermos" toda a lógica do negócio, para em seguida desenvolver o sistema, optamos por capacitar a equipe (com um treinamento intensivo) e fazer o desenvolvimento conjunto. Após apenas três meses de treinamento as primeiras linhas do código já estavam sendo escritas. Após oito meses de assessoria, com todas as práticas de XP implementadas e em uso diário, o projeto foi apresentado para a direção da casa como uma parceria de sucesso.

Em 2006, a parceria com a ALESP foi ampliada: temos mais membros da AgilCoop e alunos do IME trabalhando em conjunto e implementando métodos ágeis no desenvolvimento e manutenção dos três principais sistemas de software da ALESP incluindo não só o sistema de RH mas também o portal e o SPL, o sistema de apoio ao legislativo que é utilizado para gerenciar o trabalho legislativo dos parlamentares.


Ikwa

O Ikwa é um canal de conteúdo, serviços e networking para auxiliar estudantes e profissionais em suas decisões e em seu crescimento acadêmico e profissional.

No final de 2006, Dairton Bassi e Danilo Sato assessoraram a criação da Ikwa, a primeira start-up Web 2.0 brasileira a receber investimento de venture capital. Eles montaram a equipe e implantaram uma metodologia ágil de desenvolvimento de software. No início de 2007, Dairton foi convidado para dirigir toda a área de desenvolvimento e tecnologia da empresa.

Em poucos meses, a equipe atingiu níveis elevados de flexibilidade e eficiência, conseguindo tornar o tempo de resposta a novas solicitações extremamente baixo. Novas funcionalidades passaram a entrar em produção semanalmente, sem perda de qualidade e com um layout que recebe inúmeros elogios de seus usuários. (www.ikwa.com.br)


Laboratório de Programação eXtrema
Disciplina ministrada no IME/USP para alunos do último ano do Bacharelado e para a pós-graduação em em Ciência da Computação.

Desde 2001, temos ministrado a disciplina de Laboratório de Programação eXtrema no IME/USP durante a qual cerca de 25 alunos (em cada turma) desenvolvem sistemas de software em conjunto, em grupos de 2 a 12 desenvolvedores. A disciplina dura 4 meses e ao final do semestre, protótipos de sistemas de software são entregues. Alguns dos sistemas entregues estão sendo utilizados atualmente no mundo real.

A maioria dos sistemas desenvolvidos tem sido em Java e com interface Web utilizando arcabouços como struts e velocity. No entanto, já tivemos projetos utilizando outras tecnologias e linguagens como C++ e Smalltalk.

Maiores informações estão disponíveis na página da disciplina.


ITM
Desenvolvimento Ágil

A ITM channel marketing atua principalmente entre grandes empresas e os seus respectivos canais de distribuição. Para isto é necessário tanto uma resposta rápida às do mercado quanto uma constante busca por inovação tecnológica. Nesta empresa, o Professor Alfredo Goldman assessorou, usando métodos ágeis, o desenvolvimento de parte dos seus sistemas. Também participamos da introdução da computação móvel, através componentes de software em telefones celulares.


Paggo
Implementação de XP em uma empresa start-up.

Em 2005 Alexandre Freire foi convidado para implantar a metodologia ágil de Programação eXtrema em
uma start-up. Após 6 meses, o grupo de tecnologia da empresa conseguiu transitar para sua adaptação de XP com sucesso e conseguiu investimentos que garantiram a criação da Paggo. Hoje em dia a Paggo aplica práticas ágeis não só na tecnologia, mas em todos os departamentos da empresa.


Parceria com Scopus e LARC
Nossa primeira assessoria em XP no mercado de software.

Nossa primeira experiência em assessoria na implantação de métodos ágeis e XP no mercado brasileiro de desenvolvimento de software aconteceu em 2003 e obteve grande sucesso.

Os professores Fabio e Alfredo atuaram como coaches em dois projetos de sistemas Web inovadores implementando XP numa equipe e 2 e numa equipe de 4 desenvolvedores. Dairton, na época, concluindo sua graduação em Ciência da Computação, atuou como estagiário e teve sua primeira eXPeriência com desenvolvimento de software fora do IME.

O software final entregue à SCOPUS foi considerado de alta qualidade e o método de desenvolvimento empregado foi considerado um grande sucesso e influenciou fortemente os projetos posteriores desenvolvidos no LARC.

Veja também o 6o programa da série de Agilcasts: uma entrevista com Eduardo Teruya, gerente de desenvolvimento do LARC, falando sobre a experiência daquele laboratório com XP.


Sistema Janus

Janus é o novo sistema administrativo da Pós-Graduação da USP. Dois membros da AgilCoop estão envolvidos neste projeto que é desenvolvido utilizando práticas ágeis. Recentemente publicamos um artigo sobre ele no Workshop de Desenvolvimento Rápido de Aplicações (WDRA 2007): Desenvolvendo com agilidade: Experiências na reimplementação de um sistema de grande porte. O artigo pode ser obtido aqui.


Locaweb

A Locaweb é a maior empresa de hospedagens de sites da América Latina. No final de 2006, Daniel Cukier começou a usar XP na equipe de desenvolvimento de serviços de voz (LocaWeb Telecom). Usando a metodologia, a equipe conseguiu entregar funcionalidades de forma rápida e com baixo índice de bugs.

A diretoria da empresa percebeu as vantagens dos métodos ágeis e decidiu realizar um treinamento envolvendo toda área de tecnologia. Em agosto de 2007, Daniel e Maurício Dediana realizaram um curso para 85 pessoas das áreas de desenvolvimento e produtos da empresa.

A partir daí, as equipes começaram a adotar Scrum e algumas práticas de XP. Os diretores ficaram muito satisfeitos com o resultado. Hoje a empresa é muito mais eficiente em entregar software de qualidade para seus clientes.

Vale ressaltar que foram utilizados padrões para introduzir novas ideias para disseminar a inovação dentro da empresa. Sem esses padrões, talvez não tivesse ido tão longe.


Fervens was created by Design Disease for WordPress, brought to you by Smashing Magazine.
Ported to Drupal by Leow Kah Thong - Freelance Drupal Developer.